Descoberta de um tesouro de denários na região de Livorno (Itália)

Sexta-feira, 02 de Fevereiro de 2024
Descoberta de um tesouro de denários na região de Livorno (Itália)

Em novembro de 2021, Alberto Cecio estava no bosque de Suese, entre Collesalvetti e Livorno (Itália) à procura de cogumelos selvagens e a fotografar a fauna local, quando avistou à beira do caminho fragmentos cerâmicos e objetos redondos cheios de terra que pareciam moedas. Ao se aproximar verificou serem moedas antigas dentro de uma olla(panela) em terracota, que estava junto das raízes de uma árvore e por isso ficou protegida das máquinas agrícolas e dos caminhos de trilha. O Grupo Arqueológico Paleontológico de Livorno, do qual o Sr. Cecio faz parte, se encarregou de acondicionar, limpar e classificar os materiais encontrados, e os preparar para a exposição.

"Trata-se de uma descoberta única", afirmou Valerio Tesi, Superintendente de Arqueologia, Belas Artes e Paisagem da Província de Pisa e Livorno: "É incrível que, após mais de dois mil anos, este material ainda esteja quase intacto, um acontecimento muito importante, porque nos conta uma peça fundamental da história deste território.”

O "Tesoretto di Suese", é composto por 175 moedas de prata, a maior parte das quais datáveis entre 157 e 156 a.C. e 82 a.C., ou seja, denários republicanos, moeda comum utilizada para pagar os salários dos soldados, razão pela qual a exposição propõe hipoteticamente que o tesouro provinha de um soldado, numa altura de grande agitação entre guerras sociais e civis na península itálica. As moedas foram cunhadas pela casa da moeda de Roma, com exceção de um exemplar cunhado em Narbona, em 172, não estando danificadas (apenas três estão partidas, mas os fragmentos foram todos recuperados e foram para um laboratório para serem restauradas). Uma vez encontrados, os denários foram submetidos a uma primeira limpeza, numerados, fotografados e depois catalogados, trabalho que demorou um ano e meio.

Segundo as informações recolhidas: "O pequeno tesouro poderia ser as economias de um soldado", diz Lorella Alderighi, "empenhado na guerra social e talvez também na guerra entre Sulla e os marinheiros. Depois de regressar a casa e aos seus campos, teria escondido os denários de prata junto de uma árvore da floresta próxima, que nunca mais voltaria a recuperar". A guerra social foi travada durante três anos no centro-sul de Itália, entre 91 e 88 a.C., entre Roma e uma liga formada por muitos povos da Itália. A guerra que opôs Lucius Cornelius Sulla e os marinheiros, assim chamados porque eram seguidores do cônsul Gaius Marius, teve lugar entre 83 e 82 a.C.

Este é o período que se seguiu à reforma do exército promovida Gaius Marius (107-104 a.C.), que permitiu a todos os cidadãos a possibilidade de ingressarem no exército romano, mesmo aos mais pobres, pois os que se alistavam como voluntários recebiam equipamento e um salário. Assim, com base nos estudos já efetuados, é possível que o proprietário das moedas se tenha alistado no exército e que a soma de 175 denários possa corresponder ao salário de um ano e meio de serviço militar. O valor atual do "pequeno tesouro" rondará os 25 000 euros.

O Museu de História Natural do Mediterrâneo, em Livorno, organizou uma exposição sobre esta descoberta entre os dias 5 de maio e 2 de julho de 2023. Entretanto, este conjunto monetário também foi alvo de uma publicação que apresenta um catálogo que segue o modelo da obra de M. H. Crawford,  Roman Republican Coinage (Cambridge, 1974) e onde se faz uma análise de seu conteúdo e da sua importância para o património arqueológico da região.

Alice Baeta

Referências:

https://edition.cnn.com/2023/05/01/world/roman-coins-buried-treasure-italy-scn/index.html

https://www.archaeoreporter.com/it/2023/05/06/scoperte-archeologiche-per-la-prima-volta-visibile-il-tesoretto-di-175-denari-dargento-romani-di-suese-livorno/

https://www.livornosera.it/attualita-livorno/il-tesoretto-di-suese-ritrovati-175-denari-della-roma-repubblicana-nel-territorio-livornese/

https://new.coinsweekly.com/news-en/coins-from-the-era-of-marius-and-sulla-discovered-in-tuscany/


< voltar

Jean ELSEN & ses Fils S.A., Vente publique 159, 21 e 22 de junho de 2024
Jean ELSEN & ses Fils S.A., Vente publique 159, 21 e 22 de junho de 2024

NUMISMA LEILÕES n.º 141, dia 6 de junho de 2024: Coleção
NUMISMA LEILÕES n.º 141, dia 6 de junho de 2024: Coleção "Miles"