NUMISMÁTICA LEILÕES: 30º leilão, em 25 de setembro de 2018

Sábado, 22 de Setembro de 2018
NUMISMÁTICA LEILÕES: 30º leilão, em 25 de setembro de 2018

É já no próximo dia 25 setembro que irá realizar-se o trigésimo leilão da empresa Numismática Leilões. A venda pública decorrerá no VIP Grand Lisboa Hotel, Sala Estúdio e serão leiloados 958 lotes, onde pontifica, naturalmente, a numismática de Portugal e antigas colónia (n.º 397-655), mas também estão bem representadas as cédulas e notas nacionais (n.º 1-199), vários lotes com conjuntos de moedas diversas, portuguesas e estrangeiras (n.º 248-354 e 656-810), medalhas e e objetos afins (n.º 355-87), moedas da Época Clássica (n.º 388-96), em especial de Roma, e uma interessante coleção de postais da 1ª República portuguesa e de algumas localidades do país (n.º 202-47).

Como é espectável, num leilão com perto de um milhar de lotes quase todos os colecionadores encontrarão  espécimes que completem as suas coleções, desde exempares mais simples até peças de grande raridade e qualidade.

Os nossos destaques: as notas de Portugal, de 500$00, Ch. 2, de 1922 (n.º 94) e de Moçambique, de 1000$00, de 1902 (n.º 132); o exemplar chumbo de IPSES,  nem sempre fácil de encontrar (n.º 396); a barbuda L, de muito apreciada numária fernandina (n.º 397), o tostão P-V, de Manuel I (n.º 414), os cruzado E de João IV com carimbo S00, de Afonso VI (n.º 423); depois, os sempre procurados dobrões e dobras de Minas Gerais, de João V (n.º 454-56), acompanhados por outros interessantes lotes de moeda áurea dos reinados de João V e Luis I.

Merece tamtém uma referência especial neste leilão, o conjunto de perto de uma centena de lotes (n.º 811-958) que encerram esta venda pública, contituído por moedas, sobretudo portuguesas mas também algumas estrangeiras, submetidas ao "grading" de empresas internacionais da especialidade (neste caso, da consgrada NGC e da recente GENI), apresentadas nos habituais envólucros de "plástico" que pretendem proteger (mas não garantem) o colecionador contra eventuais falsificações de moedas e classificações menos precisas do estado de conservação de algumas peças. O aparecimento de um número tão pouco habitual de moedas com "grading" em leilões portugueses parece indiciar uma eventual adesão dos nossos colecionadores a esta moda "inventada" nos Estdados Unidos da América, onde é um negócio em ascensão que movimente muitos milhões de dólares. As moedas aqui apresentadas encontram-se em estados de conservação muito elevados, estando quase todas entre MS62 e MS67, sendo algumas particularmente apelativas, como por exemplo: os cinco lotes da índia portugesas (n.º 864-68), os 50 centavos de 1928, de S. Tomé e Príncipe (n.º 881) e a meia macuta de José I, de 1770 (n.º 942).

.O catálogo do evento apresenta o arranjo gráfico habitual nestas iniciativas da Numismática Leilões,  sendo de fácil manuseio e com uma descrição suficiente de todos os lotes e abundante ilustração de qualidade assinalável.

A SPN não pode deixar de congratular a Numismática Leilões por mais esta iniciativa de apoio e incentivo ao colecionismo numismático.

Rui Centeno


< voltar

72ª Permuta SPN — Catálogo em Pfd  JÁ DISPONÍVEL
72ª Permuta SPN — Catálogo em Pfd JÁ DISPONÍVEL

72ª Permuta SPN — Catálogo Provisório JÁ DISPONÍVEL
72ª Permuta SPN — Catálogo Provisório JÁ DISPONÍVEL