LEU NUMISMATIK, Auction 2, Zurique,11 outubro 2018

Sexta-feira, 11 de Maio de 2018
LEU NUMISMATIK, Auction 2, Zurique,11 outubro 2018

A empresa LEU NUMISMATIC AG vai realizar o 2º leilão em sala, no próximo dia 11 de maio onde são apresentados 380 lotes com numária de ouro, prata e bronze pertencente ao Mundo Clássico (n.º 1-346), ao Império Bizantino (n.º 347-71), ao período medieval e islâmico (n.º 372-80).

Tal como no leilão nº. 1, temos de destacar a elevada qualidade e/ou raridade de uma boa parte dos lotes que podem ser devidamente apreciados no excelente e luxuoso catálogo, com muito boa apresentação gráfica, bem como pormenorizadas descrições dos diferentes lotes, ilustrados por belíssimas fotografias.

Em leilões com este nível com moedas excepcionais torna-se difícil escolher exemplares para destaque. Eis algumas das peças que merecem a nossa atenção: as magníficas tetradracmas de Akragas,  cunhada em entre c. 409-06 a. C. (n.º 56), e de Kamarina, datada de c. 415-05 (n.º 58), as excecionais tetradracmas de Siracusa, em nome de Dionysios I, de c. 405-367 a. C. (n.º 63-65), o numerário de ouro de Filipe II da Macedónia (n.º 43-8) e de Alexandre III, o Magno (n.º 57-8) bem como as muito apreciadas tetradracmas de Atenas (n.º 91-96) e o belo e raro estátero de Pantikopaion, de c. 340-25 a.C. (n.º 101).

Para o Mundo Romano, despertaram a nossa atenção: o raríssimo medalhão de Antínoo (n.º 171), cunhado em Mantinea, em 131-32, o raro denário republicano de Quintus Labienus Parthicus (n.º224), emitido na Ásia Menor no início de 40 a.C.; do período imperial, as nossas preferências vão para 3 áureos da mais elevada raridade, cunhados em Roma e quasi à flor-do-cunho: um de Nero Cláudio Druso (n.º 232), de c. 41-5,  outro de Septímio Severo, de 209 (n.º 270), e o último de Macrino, emitido entre 217-8 (n.º 281). Merece ainda uma referência o curioso um cunho de reverso bizantino, para a produção de solidi de Basílio I, em Constantinopla, c. 871-86, fabridaco em ferro (n.º 358).

O nosso detaque final vai para um excelente morabitino português de D. Sancho I (n.º 380) (Gomes 04.10) que  despertará seguramente muito interesse entre os colecionadores de numária portuguesa.

Como verificaa, estamos perante um leilão com motivos de interesse sobretudo para os amantes da numária do Mundo Clássico mas com o atrativo de uma das estrelas deste leilão ser o morabitino de Sancho I.

Por isso, aconselhamos os Senhores Associados a consultar do catálogo disponível na sede da Sociedade Portuguesa de Numismática. Resta-nos felicitar a Leu Numismatik por mais esta iniciativa que deliciará os colecionadores de moeda da Época Clássica espalhados pelo Mundo.

RC


< voltar

NUMISMÁTICA LEILÕES: 36º leilão, em 26 de julho de 2019
NUMISMÁTICA LEILÕES: 36º leilão, em 26 de julho de 2019

NUMISMA LEILÕES n.º 118, dia 26 de junho de 2019
NUMISMA LEILÕES n.º 118, dia 26 de junho de 2019